sábado, 5 de dezembro de 2015


VIM DOS PLANOS CELESTIAIS PARA TE CURAR.

Venham a mim (música divina) todos os oprimidos, angustiados, tristes; que perderam a alegria de viver; que são os vícios que o mundo oferece; e eu, o poderoso bálsamo regenerador da música divina, vos aliviarei.
Basta estar conectado a mim (Deus), e ouvir-me muitas vezes com toda a concentração de pensamentos para ser curado dos males que o atormenta.
Estas canções são originárias dos Planos Celestiais; que os mestres intuitivamente compuseram.
Aqui sou apenas três; porém, há outras iguais, basta procurar.

Veja o livro:
   





quarta-feira, 5 de novembro de 2014


 A VIDA É UM "SACO"
Tem pessoas que acham que a vida é um "saco".
Até que elas têm razão. Uma perna quebrada precisa de gesso.
Essas pessoas vivem engessadas na rotina estressante.
Essa foto deveria ser um alerta para essas pessoas que mais parecem árvores, pois nunca saem do lugar, nunca fazem algo diferente.
Já reparou que conviver com esse tipo de pessoa também é um "saco"!? 
Deixando esse "saco" de lado, que tal uma leitura diferente.
Veja o livro:

segunda-feira, 11 de março de 2013


MÚSICA DIVINA, MÚSICA DIABÓLICA E APOCALIPSE.
Em tudo nesse mundo existe os opostos.
Dia-noite, vida-morte, bom-mau.
Num desses opostos, que deveria haver extremo zelo e cuidado dos pais, dos professores e dos psicólogos, praticamente não há.
Refiro-me aqui à música, pois o grosso da humanidade não sabe que existe músicas divinas e músicas diabólicas.
Mozart, Bach, Beethoven, Schubert e tantos outros, incluindo aí os mais recentes, são compositores que vieram dos planos celestiais mais elevados.
Músicas divinas, como bem sugere o nome, leva-nos a entrar em sintonia com a força magnética e transmutadora do bem, do que é divino, do que vem de Deus.
Leva-nos a adora-Lo como Senhor absoluto de tudo que existe.
Acima está a parte do bem, e abaixo exporemos a parte do mal.
Neste "final dos tempos", tempos proféticos, as forças do mal estão com todo o "vapor".
A mídia, principalmente as TVs, Rádios FM e por incrível que possa parecer até mesmo certas religiões, estão destruindo nossa juventude com suas músicas barulhentas e Satânicas.
Jovens que nasceram e cresceram em lares que toca músicas divinas não entra nesse "barato alienado" de adorar demasiadamente o corpo, até mesmo perfurando-o com metais e pintando-o.
Não existe apocalipse mais terrível do que este - desencaminhar uma vida que poderia dar bons frutos, programando seu cérebro-computador desde a vida uterina de bebê-espírito em fase de formação material no útero, nos primeiros meses e anos de vida, fazendo-o ouvir essas músicas barulhentas e satânicas, que mais tarde pode surpreender os pais com os vícios do cigarro, do álcool, da alienação sexual e das drogas pesadas.
Dos planos divinos só vem o que é bom, belo e verdadeiro.
Lares que tocam músicas divinas atraem os anjos de Deus para boas inspirações e proteção.
Muito ainda haveria para falar de músicas divinas e músicas diabólicas, mas creio que o aqui exposto é o suficiente para quem tem pelo menos uma média capacidade e entendimento. 
Murray Perahia Mozart Piano Concerto no.21 andante

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

AQUI É LUGAR DE GENTE FELIZ.
Quem acha que está fazendo um bem ao postar fotos extremamente negativas ao mental das pessoas, que as deixam tristes e com a autoestima lá embaixo, mesmo que contenham boas palavras, está totalmente errado.
Aqui no Google+ e outras redes é lugar para lindas fotos e lindas mensagens que deixam as pessoas alegres e felizes por estarem num lugar virtual tão agradável.
Pensem bem, procurem elevar o astral das pessoas ao invés de rebaixá-lo.
Se não gostamos de exibir nossas fotos que saíram feias, também não há motivos para mostrarmos fotos de pessoas e animais em lastimáveis condições como as crianças africanas e cães velhinhos que perderam os pelos.
Afinal, estamos aqui para fazer o jogo da LUZ ou das TREVAS?
Estamos aqui como servos de DEUS ou como servos dos ILUMINATIS ou NOVA ORDEM MUNDIAL?
Esses pilantras, que ninguém sabe de onde vem e onde realizam suas reuniões secretas, só querem saber de nos ver com a autoestima lá embaixo, para facilmente nos controlar.
As igrejas e consultórios estão lotados de gente com problemas e a autoestima lá embaixo.
Essas pessoas com a autoestima lá embaixo, depressivas e se achando um lixo, aceitam qualquer sugestão, pois perderam momentaneamente o poder de raciocinar, de serem elas mesmas, donas de si, verdadeiros filhos e filhas de DEUS, de voltarem a ser alegres, felizes e de bem com a vida.
O segredo da felicidade está em fazer o bem sem esperar nem que seja um tostão de retorno.
MERECEMOS A FELICIDADE!
CURTA A EXCELENTE MÚSICA E A MAGNÍFICA PAISAGEM!
http://www.youtube.com/watch?v=GBUbTV0bg3k&feature=youtu.be


sábado, 19 de fevereiro de 2011


O grande equívoco acadêmico.

O grande equívoco acadêmico.
O grande equívoco das universidades foi desvincular seus ensinamentos acadêmicos da fonte daquele que tem em si mesmo toda a sabedoria universal.
Até mesmo jovens com alguma formação religiosa acabam sendo influenciados a comungar com as mesmas ideias materialistas e ateístas.
 Mas também devemos levar em conta que os anseios dos jovens não são preenchidos pela arcaica e impositiva didática religiosa.
Que não aceita que se fale em: sexto sentido, percepção extrassensorial, reencarnação, hipnose, regressão a vidas passadas, mediunidade, telepatia.
Dizem que estas coisas não estão na Bíblia, portanto, não são de Deus.
É por isso que os estudantes saem das faculdades com seus egos inflados.
Tão cheios de si que esquecem os valores de nobreza, dignidade e humildade.
O pior desses ateístas fanáticos, é terem a audácia de acharem que eles podem dispensar os cuidados da fonte geradora de tudo que existe, incluindo eles mesmos.

AGNÓSTICOS E ATEUS.
Não vejo as ondas sonoras, mas acredito nelas.
Não vejo as correntes invisíveis que cruzam o espaço para fazer funcionar o meu celular, minha TV, meu notebook, meu controle remoto. 
Acreditando, ou não, essas coisas funcionam. 
Não vemos Deus, mas Ele funciona por toda a eternidade!
"Há mais coisas entre o céu e a Terra do que supõe a nossa vã filosofia."
"Ser ou não ser, eis a questão!"
O autor dessas citações foi um sujeitinho "besta", um tal de: William Shakespeare.